Googlemaps Escola de Dança Raquel Oliveira subscrever newsletter Escola de Dança Raquel Oliveira mapa do site www.raquel-oliveira.pt
facebook Escola de Dança Raquel Oliveira Canal de Youtube da Escola de Dança Raquel Oliveira instagram Escola de Dança Raquel Oliveira facebook Escola de Dança Raquel Oliveira

Bailarina, Professora e Coreógrafa

logotipo da Escola de Dança Raquel Oliveira. logotipo da Companhia de Dança Raquel Oliveira.

HORÁRIO

ENGLISH

NOVIDADES

      Início » Escola » Aulas Presenciais » Fado Bailado

AULAS DE FADO BAILADO

Aprender a dançar Fado Bailado na Escola de Dança Raquel Oliveira em Lisboa (zona Anjos-Intendente)

Invista na sua saúde dançando!

 

Aprenda a dançar Fado Bailado (ou Fado Dançado) na Escola de Dança Raquel Oliveira em Arroios-Lisboa. Faça uma aula experimental sem compromisso (quarta-feira às 18h).

 

 

Exercícios de Técnica de Fado Bailado

Alinhamento Corporal, Colocação de Braços, Movimentos das Mãos, Sapateado, Palmas, Passos Básicos

 

Coreografias do Curso de

Fado Bailado

Trigueirinha, Bairro Alto, Anda o sol na minha rua, Desfado, Fado vestido de fado, Rosinha dos limões

 

 

NOTA: Para fazer as aulas de nível principiante não é necessário equipamento específico, apenas roupa e calçado confortável do dia a dia.

 

 

Breve História do Fado

 

Segundo o Dicionário Priberam da Língua Portuguesa (2022), o Fado é uma "Canção popular portuguesa, geralmente interpretada por um vocalista (fadista), acompanhado por guitarra portuguesa e por guitarra clássica. Surgido na Lisboa popular do século XIX, e progressivamente difundido pelo resto do país, o fado tornou-se um ícone cultural de Portugal. Geralmente lento e triste, sobretudo quando fala de amor ou de saudade, o fado também pode ser animado e jovial quando aborda temas sociais ou festivos".

 

Em novembro de 2011 o Fado foi elevado à categoria de Património Cultural e Imaterial da Humanidade pela UNESCO numa declaração aprovada no VI Comité  Intergovernamental desta organização internacional.

 

Há várias teorias divergentes sobre a origem do Fado, mas a maioria dos estudiosos afirma que o Fado nasceu em Lisboa a partir de 1840.

 

A primeira vez que a palavra Fado aparece nos dicionários portugueses com o significado de canção popular, já sancionado pelo uso comum, é em 1874, na 4ª edição do dicionário Lacerda, que diz: "Fado, cantiga e dança popular, muito característica e pouco decente: o de Lisboa, o de Coimbra".

 

Em 1903, na sua "História do Fado" Pinto de Carvalho afirma que "o Fado tem duas espécies de dança: bater o Fado e a dança do Fado propriamente dita. Bater o Fado é uma dança ou meneio particular em que entram duas pessoas ou três: uma que apara (ou duas, às vezes) e que deve estar quieta e o mais firme possível, e outra que bate, dando regularmente as pancadas com a parte inferior das coxas nas coxas das pernas do que apara, e meneando-se com requebros obscenos." O autor continua a falar sobre o tema nomeando os batedores de Fado mais conhecidos na altura: Conde de Vimioso, José Crisóstomo Veloso Horta, Mercadet, entre muitos outros. E continua, afirmando que "à volta de 1830, existiam bailarinos de Fado e de Fandango notabilíssimos": Salvador Mexerico, Teodósio, os irmãos Castanholas, Manuel Ratão, e o Mexelhão. "Todos eles, (...) dançavam o Fado seguindo nota a nota, nas suas evoluções trepidantes, a música ondulosa como a vida ondulosa das vagas."

 

Há vários testemunhos escritos que corroboram a existência do elemento coreográfico do Fado nos seus primórdios, mas a partir de uma certa altura esse elemento parece perder-se e, durante muito tempo, o Fado é conhecido apenas pela sua componente musical. No entanto, pesquisando um pouco mais, podemos encontrar múltiplas evidências da componente coreográfica do Fado na atualidade.

 

Existem vários estilos coreográficos, muito diferentes entre si, que se adaptam muito bem à música do Fado (ver exemplos em vídeo):

 

Flamenco (Fado Gaivota) (Rosinha dos Limões, Fado Vestido de Fado, Maria Lisboa)

 

Dança Contemporânea (Barco Negro - Vasco Wellenkamp) (Fado Os teus olhos - Pina Bausch)

 

Folclore (Fado da Charneca) (Fado do Ti Zé Luis) (Fado Batido) (Fado Batido da Taberna) (Fadinho Batido)

 

Tango Argentino (Fado na Milonga) (Fado Sopra demais o vento)

Aprender a dançar Fado Bailado na Escola de Dança Raquel Oliveira em Lisboa (zona Anjos-Intendente)
Aprender a dançar Fado Bailado na Escola de Dança Raquel Oliveira em Lisboa (zona Anjos-Intendente)